Foto: Alex Bruno / Imprensa Global
Foto: Alex Bruno / Imprensa Global

A Policia Civil realizou na manhã desta terça-feira (19), uma operação com objetivo de apreender maquinas de caça-níqueis e cumprir mandados de busca e apreensão no morro do Dendê na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio.

Na operação, Wanderson de Jesus Martins (23) e Gilson da Silva dos Santos (13), foram mortos dentro de uma casa ao tentar se esconder dos disparos feito por um helicóptero da Policia Civil. Segundo testemunhas, Wanderson e Gilson foram mortos por um Policial Civil que os seguiu logo após terem entrado na casa.

Foto: Alex Bruno / Imprensa Global
Foto: Alex Bruno / Imprensa Global

“Como um homem que era pescador e tinha assinado a carteira de trabalho no ultimo dia 4, foi morto? Ele saiu de casa pra comprar pão para o filho dele de 4 anos, de repente, um helicóptero da Civil deu um rasante e começou a atirar, foi quando ele e o menor se assustaram e correram para dentro de uma casa onde tem uma padaria.” disse Paola Aparecida de Jesus (16), irmã de Wanderson.

Em depoimento, um Policial Civil disse que atirou pra se defender ao ver que Wanderson e Gilson estavam armados.

Segundo o Delegado Rivaldo Barbosa, já foi realizado uma perícia no local onde o pescador e adolescente foram mortos. Duas pistolas que foram encontradas no local próximo aos corpos assim como as armas utilizadas pelos Policiais, foram apreendidas para pericia.

Foto: Arquivo / Imprensa Global
Foto: Arquivo / Imprensa Global